Bushcraft PT
http://bushcraft-pt.org/forum/

Visita ao meu terreno!
http://bushcraft-pt.org/forum/viewtopic.php?f=3&t=8162
Página 1 de 1

Autor:  joao_ricardo [ sábado jul 11, 2020 3:08 pm ]
Assunto da Mensagem:  Visita ao meu terreno!

Boa tarde a todos,
O meu pai à algum tem adquiriu um terreno de modo a ter um local onde pudesse ir cortar madeira para o inverno.
No entanto, ardeu à uns anos e hoje está cheio de mimosas.
Sei que são uma praga, mas confesso gostar bastante por criar um certo ambiente de floresta para além que posso as deitar abaixo sem remorsos.
Hoje decidi lá ir para ver que ferramentas poderia precisar tanto para limpar o local como para futuro projetos que penso lá fazer.
No entanto, não poderia lá ir sem testar alguma coisa, e fiz um suporte para meter coisas ao lume (não sei se tem um nome específico).
Imagem
O pau que está na vertical está efetivamente pendurado, embora possa não parecer.
Imagem Imagem
Como disse, foi só para fazer, então não testei com nada preso nem numa fogueira.
No escutismo trabalhei já bastante com amarrações, mas estes trabalhos com madeira, sempre vi, mas nunca tinha feito, por isso agradeço desde já alguma dica que tenham.

Quero tornar o local mais habitavel, mas sem perder a essência que tem. Para isso pensei em fazer construções apenas com paus e corda (como habitualmente se faz nos escuteiros), mas geralmente é feito com sisal, que é um material pouco durável. Pensei em paracord, mas acaba por ser muito dinheiro em corda, pelo que gostaria de saber se também têm alguma dica quanto a isso. Pensei talvez na tecnica "froissartage".

Deixo aqui mais algumas imagens do local.
Imagem Imagem Imagem

Autor:  Bruno MCS [ sábado jul 11, 2020 4:17 pm ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

Belo sítio, dá para muitas aventuras tuas.
Normalmente usa-se o cisal mesmo por durar pouco tempo para eventualmente se desfazer.
Se vais fazer um campo base a longo termo, podes usar as cordas imitação de paracord, que é relativamente barato e já dá para vários trabalhos, a menos que vás por o teu peso na corda...

Autor:  joao_ricardo [ sábado jul 11, 2020 7:11 pm ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

Bruno MCS Escreveu:
Belo sítio, dá para muitas aventuras tuas.
Normalmente usa-se o cisal mesmo por durar pouco tempo para eventualmente se desfazer.
Se vais fazer um campo base a longo termo, podes usar as cordas imitação de paracord, que é relativamente barato e já dá para vários trabalhos, a menos que vás por o teu peso na corda...


A ideia é mesmo fazer algo mais duradouro.

Autor:  milhafre [ sábado jul 11, 2020 11:47 pm ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

Caro João Ricardo.
Excelente lugar, para as tuas aventuras e para outras coisas como por exemplo um encontro, tens é que ter todos os cuidados com o fogo com o calor que aí vem, o inverno ou mesmo o Outono é o ideal para cortar queimar ou trabalhar com ferramentas.
Penso que cordas de material sintético como diz o Bruno será o ideal, muitas vezes encontramos em saldo.
Agradecido pela partilha e parabéns pelo espaço e idéia.
Saudações

Autor:  Jan [ domingo jul 12, 2020 1:23 am ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

joao_ricardo Escreveu:
Quero tornar o local mais habitavel, mas sem perder a essência que tem. Para isso pensei em fazer construções, (...). Pensei talvez na tecnica "froissartage".



Imagem


O meu abrigo permanente na fase de construção. Técnica: "froissartage"

Autor:  milhafre [ domingo jul 12, 2020 3:00 am ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

Caro Jan
Excelente fotografia do teu projecto em bom andamento dum abrigo permanente, podemos dizer que é executado à melhor maneira bushcrafiana, mesmo que transporta - ses e usa -ses mesa e cadeira moderna, fora de brincadeira é uma excelente ideia para o João Ricardo (assim ele queira arriscar estas técnicas difíceis mas interessantes)aqui bem apresentadas pela fotografia, parabéns e força para completares esta resistente, artesanal e fantástica construção.
Saudações

Autor:  joao carmo [ domingo jul 12, 2020 3:08 am ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

Também penso fazer algo do género e já tenho a base criada!
Respondendo a uma questão que o meu amigo colocou, relativamente ao abrigo permanente, escolha madeiras verdes de preferência mais grossas e nas amarrações use arame em vez de corda! Só precisa de fazer um ajuste depois da madeira secar, isso vai garantir maior durabilidade e pense em arranjar uma cobertura impermeável como um plástico preto, que é mais resistente aos raios UV, e protege o abrigo da chuva, porque a água é que vai degradar a madeira. Retire sempre a casca dos troncos que vai usar, para não ganhar fungos!
Mantenha as madeiras o mais elevadas do chão, as que ficarem enterradas ou apoiadas podem ser revestidas com sacos de plástico para a humidade da terra não as degrade tão depressa.
Nota importante, ter noção que um abrigo permanente, sempre precisará de manutenção e quando desistir do local, deve retirar todos os materiais não biodegradáveis, porque podem ser uma armadilha para os animais selvagens ou mesmo pessoas!

Espero ter ajudado, abraço!

Autor:  joao_ricardo [ domingo jul 12, 2020 7:24 pm ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

milhafre Escreveu:
Caro João Ricardo.
Excelente lugar, para as tuas aventuras e para outras coisas como por exemplo um encontro, tens é que ter todos os cuidados com o fogo com o calor que aí vem, o inverno ou mesmo o Outono é o ideal para cortar queimar ou trabalhar com ferramentas.
Penso que cordas de material sintético como diz o Bruno será o ideal, muitas vezes encontramos em saldo.
Agradecido pela partilha e parabéns pelo espaço e idéia.
Saudações


Pelo menos nesta altura não tenciono fazer fogo. Tenciono inclusive ver/fazer várias rotas de fuga que possa ter para caso lá esteja e algum incendio começar por lá perto.

Jan Escreveu:


O meu abrigo permanente na fase de construção. Técnica: "froissartage"


Muito bom! Caso tenha algum livro/site que recomende com as tecnicas bem explicadas, ficaria extrememente grato.


joao carmo Escreveu:
Também penso fazer algo do género e já tenho a base criada!
Respondendo a uma questão que o meu amigo colocou, relativamente ao abrigo permanente, escolha madeiras verdes de preferência mais grossas e nas amarrações use arame em vez de corda! Só precisa de fazer um ajuste depois da madeira secar, isso vai garantir maior durabilidade e pense em arranjar uma cobertura impermeável como um plástico preto, que é mais resistente aos raios UV, e protege o abrigo da chuva, porque a água é que vai degradar a madeira. Retire sempre a casca dos troncos que vai usar, para não ganhar fungos!
Mantenha as madeiras o mais elevadas do chão, as que ficarem enterradas ou apoiadas podem ser revestidas com sacos de plástico para a humidade da terra não as degrade tão depressa.
Nota importante, ter noção que um abrigo permanente, sempre precisará de manutenção e quando desistir do local, deve retirar todos os materiais não biodegradáveis, porque podem ser uma armadilha para os animais selvagens ou mesmo pessoas!

Espero ter ajudado, abraço!


As suas dicas são extrememente boas, vou-as ter bastante em conta garantidamente!
Só os sacos é que confesso que estou reticente pois tenho medo da poluição visual que cause.

Autor:  Jan [ domingo jul 12, 2020 10:28 pm ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

joao_ricardo Escreveu:
Jan Escreveu:
O meu abrigo permanente na fase de construção. Técnica: "froissartage"

Muito bom! Caso tenha algum livro/site que recomende com as técnicas bem explicadas, ficaria extremamente grato.

Podes fazer o download aqui https://escutismo.pt/dirigentes/recurso ... a89e8c6e81

joao_ricardo Escreveu:
Só os sacos é que confesso que estou reticente pois tenho medo da poluição visual que cause.

Na construção do meu abrigo, decidi usar apenas os materiais naturais que encontrei nas redondezas: Fica camuflado e é ecológico.





como se vê no início deste vídeo, não fiz o telhado. Para o efeito uso uma lona, que apenas coloco quando ali permaneço.

Autor:  joao carmo [ domingo jul 12, 2020 11:39 pm ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

Obrigado Jan pela partilha do meu vídeo :)

Quando aos plásticos que eu mencionei, podem ficar escondidos, se a ideia é manter as madeiras desencostada à terra, é fácil entalar os plásticos para não ficarem à vista!
Eu dou exemplos... se tiver que colocar uma poste ao alto enterrado, se enrolar um plástico em volta da madeira e enterrar a parte subterrânea ficará protegido, porque a madeira enterrada não dura um ano, isso tenho eu, experiência própria!
Outra maneira é tratar a madeira com óleo natural, para resistir à humidade.

Autor:  milhafre [ segunda jul 13, 2020 3:04 am ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

Caro. Jan.
Excelente partilha de textos fantásticos sobre o tema irão servir ao João Ricardo e a todos nós, quem sabe como tú e tem a personalidade solidária que téns, só pode ser uma hiper mais valia para todos nós, por isso a minha calorosa manifestação de apreço que estou certo ser sentida por todos.
As minhas saudações

Autor:  roaz [ segunda jul 13, 2020 10:45 pm ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

As mimosas são divertidas até te quereres ver livres delas e repares que crescem mais rápido do que as consegues cortar ou arrancar. Aí é que se tornam mesmo praga.

O facto de poder cortar a meu belo prazer confesso que é uma vantagem.


Por acaso os meus pais também têm um terreno com mimosas. Na Beira-baixa e tudo!

A madeira das mimosas/acácias até é bonita, tem utilidade para construções de campo estilo pioneirismo e até marcenaria. Depende da espécie, de como cresceu e como foi o processo de secagem.

Tem em atenção que normalmente é uma madeira que tem muita agua e quando seca encolhe bastante. Para realizares as técnicas de froissartage recomendo que uses madeira já cortada e seca. Para fazeres ligações temporárias podes usar verde na boa.

Não vale muito a pena cortares ramos para deixar secar pois a maioria das vezes vão empenar e torcer. Escolhe uma zona onde tenhas várias árvores a crescerem todas direitas e ao mesmo tempo(tipo eucaliptal), corta as que precisas, tira a casca e põe a secar direitas e apoiadas.

Para ligações duradouras podes usar arame se for para ficar para sempre ou cordas sintéticas. O nylon(poliamida) normalmente não tem muita resistência aos UVs o polipropileno e o poliestireno normalmente resistem mais.

Autor:  milhafre [ terça jul 14, 2020 3:21 am ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

Caro jan e João Carmo.
Jan este teu abrigo é fantastico, minimalista com a condensação certa, nem falta o forno e com a resistência e a beleza que faz jús ao local, perdido no Nabão é um exemplo de bem utilizar as técnicas de froissartage, os meus parabéns e agradecido pela partilha do video do João que é de facto um vídeo fabuloso talvez o vídeo onde se manifesta mais acção num trajecto perdido de belo onde os elementos naturais foram estrategicamente colocados por um Deus Maior.
Se houver necessidade de apontar um evento onde as técnicas de bushcraft são usadas este será certamente um, depois de tão belo o percurso esconde a sua dificuldade na sinuosidade dos seus caminhos tão técnicos que para os transpor é necessário usar às tecnicas de ascensão proprias do montanhismo ou espeleologia e mesmo usando pontes suspensas onde mais uma vez se manifesta as técnicas artesanais aparentadas com o bushcraft em resumo este vídeo é quase a versão portuguesa do Indiana jonh , são as cores, a água e as rochas que usam todo o seu mimetismo numa paleta de cores completa onde o João as capta realçando toda a sua beleza.
Agradecido pela postagem desta perola que nos trouxe em imagens este memorável evento com o selo da organização sublime do jan.
Saudações

Autor:  joao carmo [ terça jul 14, 2020 8:56 pm ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

milhafre Escreveu:
Caro jan e João Carmo.
Jan este teu abrigo é fantastico, minimalista com a condensação certa, nem falta o forno e com a resistência e a beleza que faz jús ao local, perdido no Nabão é um exemplo de bem utilizar as técnicas de froissartage, os meus parabéns e agradecido pela partilha do video do João que é de facto um vídeo fabuloso talvez o vídeo onde se manifesta mais acção num trajecto perdido de belo onde os elementos naturais foram estrategicamente colocados por um Deus Maior.
Se houver necessidade de apontar um evento onde as técnicas de bushcraft são usadas este será certamente um, depois de tão belo o percurso esconde a sua dificuldade na sinuosidade dos seus caminhos tão técnicos que para os transpor é necessário usar às tecnicas de ascensão proprias do montanhismo ou espeleologia e mesmo usando pontes suspensas onde mais uma vez se manifesta as técnicas artesanais aparentadas com o bushcraft em resumo este vídeo é quase a versão portuguesa do Indiana jonh , são as cores, a água e as rochas que usam todo o seu mimetismo numa paleta de cores completa onde o João as capta realçando toda a sua beleza.
Agradecido pela postagem desta perola que nos trouxe em imagens este memorável evento com o selo da organização sublime do jan.
Saudações


Muito obrigado pela parte que me toca, isso dá-ma mais motivação para futuros vídeos, abraço!

Autor:  joao_ricardo [ quarta jul 15, 2020 7:07 pm ]
Assunto da Mensagem:  Re: Visita ao meu terreno!

roaz Escreveu:
As mimosas são divertidas até te quereres ver livres delas e repares que crescem mais rápido do que as consegues cortar ou arrancar. Aí é que se tornam mesmo praga.

O facto de poder cortar a meu belo prazer confesso que é uma vantagem.


Por acaso os meus pais também têm um terreno com mimosas. Na Beira-baixa e tudo!

A madeira das mimosas/acácias até é bonita, tem utilidade para construções de campo estilo pioneirismo e até marcenaria. Depende da espécie, de como cresceu e como foi o processo de secagem.

Tem em atenção que normalmente é uma madeira que tem muita agua e quando seca encolhe bastante. Para realizares as técnicas de froissartage recomendo que uses madeira já cortada e seca. Para fazeres ligações temporárias podes usar verde na boa.

Não vale muito a pena cortares ramos para deixar secar pois a maioria das vezes vão empenar e torcer. Escolhe uma zona onde tenhas várias árvores a crescerem todas direitas e ao mesmo tempo(tipo eucaliptal), corta as que precisas, tira a casca e põe a secar direitas e apoiadas.

Para ligações duradouras podes usar arame se for para ficar para sempre ou cordas sintéticas. O nylon(poliamida) normalmente não tem muita resistência aos UVs o polipropileno e o poliestireno normalmente resistem mais.


Agradeço as dicas. Vou as ter certamente em conta.
Em relação às ligações, o arame parece-me realmente a melhor opção.

Página 1 de 1 Os Horários são TMG [ DST ]
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
http://www.phpbb.com/